Projeto de ampliação do aeroporto de Fortaleza já está pronto

pintomartins

Aeroporto Internacional Pinto Martins

O superintendente estadual da Infraero, Sérgio Baltore, já recebeu projeto relativo às obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Todo o empreendimento, orçado em R$ 367 milhões, fará com que o atual terminal aumente sua capacidade de passageiros. Ou seja, sairá de três para cinco milhões de passageiros por ano.

A pista de pousos e decolagens não sofrerá mudanças. Continuará com 2,5 mil metros. No projeto, uma novidade: dois edificíos-gargem serão construídos para três mil carros, dando um fim ao absurdo de o usuário pagar para ter seu veículo exposto ao sol e à chuva.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

5 comentários sobre “Projeto de ampliação do aeroporto de Fortaleza já está pronto

  1. No Ceará tudo é sub-dimensionado: ruas, estradas e agora a reforma do nosso aeroporto, que parece ser muito tímida. O nosso aeroporto, com Copa do Mundo ou não, deveria quadruplicar de tamanho, até mesmo porque o Centro de Eventos vai gerar um fluxo enorme de turismo. Aproveitando, sugiro que mudem o local de entrada atual, pois é ridículo ter que entrar num aeroporto, a partir do estacionamento, por debaixo da sua caixa-dágua. E o ticket do estacionamento virou um papel fino, difícil de guardar e inserir na máquina ao sair.

  2. Concordo, inteiramente, com a sua opinião, amigo. Nosso aeroporto é ridículo. Basta ver o de Recife, temos um milhão de habitantes a mais e um aeroporto muito inferior, mesmo com a reforma. O aeroporto é, logicamente, a porta de entrada de uma cidade, se a cidade cresce, a porta tem que ser alargada. Será que nunca vão entender isso?…

  3. Á primeira vista a informação do valor da ampliação no montante de R$367 milhões, impressiona. No entanto o não aumento do tamanho da pista de pouso e decolagem já me deixa frustrado. As áreas de escape também por certo não sofrerão mudanças. A sociedade precisa saber do projeto por completo, há dinheiro do contribuinte aí.

  4. É interessante salientar que muita coisa ainda vai precisar ser feita e no meu entender corrigir a informação sobre a capacidade de operação do aeroporto seria a primeira que segundo foi colocado quando da construção ( 1996 ) e inauguração ( 1998 ) era de 2.500.000/passageiros/ano e que também admira-me como não vão modificar a extensão da pista de pousos e decolagens que é de 2.545 m, o que faz com que o nosso aeroporto sofra quando da captação de vôos de empresas aéreas de outros países e também nacionais que queiram operar com aeronaves de maior porte, como por exemplo, o Boeing 777-300 e 767-400, o Airbus A-340-600, e até mesmo outros modelos que não são hoje tão mais usados como antigamente como o Boeing 747-400 e o MD-11,pois a pista atual compromete tecnicamente a sua decolagem quando o vôo for de longa duração fazendo com que haja necessidade de pouso técnico para reabastecimento.São só algumas pontuações a respeito do assunto e ficamos aí no aguardo do bom senso de quem tem o poder para não permitir que Fortaleza não fique cada vez mais fora da integração mundial que hoje em dia exige uma melhor estrutura em tempos de Globalização Econômica. Um abraço a todos!

  5. A falta de uma passarela em frente ao aeroporto Pinto Martins é um descaso grave com a vida humana. Muitas pessoas vão de ônibus para lá e têm que atravessar aquela “pista de alta velocidade”, incluindo funcionários e passageiros que, para pegar o vôo, vão de ônibus. Não é só quem tem carro que vai ao aeroporto não… se toquem!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>