EM ENTREVISTA, CIRURGIÃO PLÁSTICO ERIK NERY DÁ DETALHES DO LIFTING FACIAL

Cirurgião plástico Erik Nery

Qual a diferença entre lifting e minilifting facial? Quem se submete à cirurgia, em quanto tempo volta às atividades normais. O cirurgião plástico Erik Nery (CRM XX) responde a essas e outras perguntas bem comuns em seu consultório.

ROBERTA FONTELLES PHILOMENO – Qual o intuito do rejuvenescimento facial?

ERIK NERY – A cirurgia tem a capacidade de suavizar as marcas deixadas pelo tempo, através de técnicas que permitem deixar seu rosto com uma aparência natural, saudável e descansada.

RFP – Qual a diferença entre lifting e minilifting?

EN – O lifting é indicado quando o grau de envelhecimento da pele já está em um estado muito avançado, abrangendo praticamente todas as regiões do rosto.  O procedimento possibilita o descolamento da pele de algumas regiões, visando esticá-la, desfazendo ou minimizando dobras e sulcos, levantando as sobrancelhas e bochechas, tudo no sentido de deixar o rosto com um aspecto jovial. Já o minilifting serve para os casos em que o envelhecimento ocorre em determinada parte do rosto, como tratamento da papada, flacidez muscular e da pele do pescoço, supercílios caídos… O procedimento é normalmente feito em pessoas com 30 a 35 anos.

RFP – As rugas desaparecem com o procedimento?

EN – O maior objetivo da cirurgia não é o de extinguir as rugas. No entanto, com a melhora da flacidez da pele, isso acontece. As rugas dinâmicas (causadas pela expressão) e sulcos profundos podem necessitar de tratamentos complementares, como preenchimentos, toxina botulínica e peelings.

RFP – Onde as cicatrizes se localizam?

EN – Normalmente, em locais próximos do couro cabeludo e das orelhas. O grau de flacidez na pele vai determinar a extensão destas cicatrizes. Porém, costumam ser bastante imperceptíveis, por estarem em locais estratégicos.

RFP – Como é funciona pós-operatório?

EN – Geralmente, não há dor e analgésicos simples são prescritos para um conforto ainda maior do paciente. Pode ocorrer um inchaço nos primeiros dias, quando podemos recomendar sessões de drenagens linfáticas que auxiliarão a eliminação do líquido em excesso. No mais, o paciente utilizará curativos e o dreno, deixado na região posterior da orelha, é retirado depois de 24 horas, sem causar dor, por 24h. Os pontos terão uma parte absorvida pela pele e o restante retirado de sete a 15 dias após a cirurgia.

RFP – As pálpebras podem ser operadas na mesma cirurgia?

EN – Sem dúvida. As combinações de cirurgias são até mesmo indicadas pelos especialistas. Portanto, a blefaroplastia (cirurgia das pálpebras) é a cirurgia mais comumente associada ao lifting, pois completa o processo de rejuvenescimento da face.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *