Sempre decida pelo desconhecido

Eu sou fã de carteirinha do místico oriental Osho e sempre aprendo coisas novas com a leitura de seus livros e textos soltos pela internet.

Um pequeno texto me fez refletir bastante sobre a importância de sermos mais OUSADOS e CRIATIVOS, pois a vida é muito passageira para perdermos tempo fazendo sempre as mesmas coisas e sempre do mesmo jeito! Segue abaixo suas sábias palavras…

*******************

Somente o desconhecido deve ter uma atração para você porque você ainda não o viveu; você ainda não andou por esse território. Mova-se! Algo de novo pode acontecer por lá. 
Sempre decida pelo desconhecido, seja qual for o risco e você irá crescer continuamente.

Mas continue decidindo pelo conhecido e você fica se movendo repetidamente num círculo com o passado. Você prossegue repetindo-o; você se torna como um gravador gramofone. 
E decida. Quanto mais cedo você o fizer, melhor. Adiamento é simplesmente estupidez.

Amanhã você terá que decidir também, então porque não hoje? E você pensa que amanhã você será mais sábio do que hoje? Você acha que amanhã você estará mais vivo que hoje? Você acha que amanhã você estará mais jovem que hoje, mais renovado que hoje? 

Amanhã você estará mais velho, sua coragem será menor; amanhã você será mais experiente, sua esperteza será maior; amanhã a morte estará mais perto; você começará a dar sinais e a ficar mais assustado. Nunca adie para amanhã. E quem sabe? Amanhã pode chegar ou pode não chegar. Se você tem que decidir você precisa decidir agora mesmo. 

Osho

********************

A frase em negrito é a mais impactante de todas e a que resume toda a mensagem dele: Sempre decida pelo desconhecido, seja qual for o risco e você irá crescer continuamente.

Nós temos um medo profundo do desconhecido, porque o conhecido é sempre o caminho mais fácil e confortável! Nos apegamos às nossas ZONAS DE CONFORTO e ficamos nessa mesmice a vida inteira. Quando menos esperamos já estamos velhos gagás, praticamente com o “pé na cova”, nos lamentando pelas experiências que gostaríamos de ter vivido e não vivemos.

Cuidado para não fazer como nos disse o genial Jorge Luis Borges em dos seus mais conhecidos textos: “Eu fui uma destas pessoas que viveu sensata e produtivamente cada minuto de minha vida.”.

Texto na íntegra [aqui].

Quero exemplificar essa mensagem sobre o desconhecido com uma experiência que tive exatamente na semana em que escrevo esse texto. No dia 28/06/17, eu vinha desde a semana passada pensando em participar de um evento bem bacana que abordava uma linha psicológica que nunca tinha lido nem ouvido nada a respeito, que se trata da PSICOMOTRICIDADE.

Porém, por ser professor e estar no final de um semestre, minha demanda por aulas particulares no mínimo triplica, então recebi a ligação da mãe de uma das alunas que ensino me pedindo aula exatamente no mesmo horário do evento. Sabe aqueles 5 segundos que você fica reticente, pensando mil vezes no famoso: “Vou? Não vou? Vou? Não vou?”.

Então segui a minha INTUIÇÃO e disse que infelizmente não poderia dar essa aula porque tinha um compromisso inadiável. Foi a melhor coisa que pude fazer! Teria me arrependido se não tivesse ido a esse evento!

A Psicomotricidade é uma vertente linda da Psicologia que alia a terapia com os movimentos corporais. Você cura suas mazelas psicológicas literalmente brincando! Por um tempo você volta a ser como uma criancinha de seus 5 ou 6 anos de idade! Livre para brincar sem se sentir ridículo e dando vazão à liberdade de ser quem é!

Nem espere que venha dar detalhes do que é a Psicomotricidade porque é praticamente impossível expressar em palavras o que se vivencia em um grupo terapêutico como esse!

Eu me abri para o desconhecido e voltei para casa mais enriquecido, e até consumi algumas calorias, porque fiquei bem suado! hehehe

Já pensou se eu tivesse simplesmente ido dar aula? Nada de novo teria acontecido! Estaria na minha bela zona de conforto e não conheceria uma linda vertente da Psicologia chamada Psicomotricidade!

O que acha de você dar uma “googada” nessa palavra? Talvez existam grupos na sua cidade promovendo eventos gratuitos assim como eu pude perceber que existem em Fortaleza!

Se abra para o desconhecido e assim você terá uma vida rica, uma vida feliz e próspera e as lamentações passarão bem longe de você…

Portanto, mais uma vez repito: Sempre decida pelo desconhecido, seja qual for o risco e você irá crescer continuamente…

 

Isaias Costa

Sobre Isaias Costa

Isaias Costa. 28 anos. Sou Bacharel em Física e Mestre em Engenharia Mecânica. Descobri o meu amor pela escrita nas dificuldades que passei no meu caminho, aliado ao prazer de ler sobre Filosofia, Psicologia e Teologia.
Este blog trata de assuntos em sua maioria filosóficos, com o objetivo de nos fazer pensar e se questionar sobre as grandes questões da vida.

Também escrevo nos blogs “Para além do agora” e “Universo de Raul Seixas”.
www.paralemdoagora.wordpress.com
www.universoderaulseixas.wordpress.com

Sejam todos bem-vindos ao “Artesanato da mente”…

One thought on “Sempre decida pelo desconhecido

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *