Olhe para o espelho antes de olhar pela janela

999746__shadow_p

Li algumas palavras da querida psicóloga Flavia Melissa que me fizeram refletir bastante sobre a importância de aprendermos a nos valorizar de verdade, através do mergulho no autoconhecimento.

Acredito que não exista um objeto que retrate tão bem o autoconhecimento do que o ESPELHO. Quando olhamos para o espelho, ele reflete exatamente a mensagem que expressamos no rosto. E a vida se dá dessa maneira, a gente sempre recebe a energia que emana.

Vamos ao seu pequeno texto!

********************

“Existem duas formas de se viver a vida: amor e medo. Enquanto você sentir medo de ser quem você é, do que habita o seu interior, da sua sombra e da sua luz, a Universo inteiro vai se mobilizar para fazer com que você volte a ser inteiro – e vai te esfregar na cara mais do mesmo. Pessoas que você vai odiar porque elas te lembram um você que você preferiria não ser, e pessoas que você vai idolatrar porque te fazem enxergar o potencial adormecido que existe dentro de você, apenas esperando para ser transbordado e compartilhado.

Para onde você quer passar a vida olhando? Para a projeção ou para o objeto real? É uma escolha. Mas eu te digo uma coisa: não faz o menor sentido olhar pela janela antes de olhar para o espelho.”

Flavia Melissa

********************

Ao ler esse texto eu o remeti à minha própria vida e processo de amadurecimento. O que ela fala é muito verdadeiro e vou me ater a esses dois sentimentos que existem dentro de nós e se manifestam o tempo todo enquanto não aprendemos a nos valorizar de verdade, que são a ÓDIO e a IDOLATRIA. Os dois sentimentos são extremos, e portanto, são transcendidos através do autoconhecimento que nos leva ao EQUILÍBRIO.

Como já falei em outro texto [link aqui], o ódio é um subproduto do amor! Muitas vezes o ódio que sentimos de alguém é uma espécie de “amor ferido”, porque a outra pessoa está apenas nos revelando algo que existe dentro de nós e não conseguimos admitir que existe. São os chamados processos de “projeção de personalidade”, tão estudados e aprofundados na Psicologia.

E a idolatria que nutrimos por alguém, quando analisada com profundidade,  representa as qualidades que temos na nossa interioridade e que por diversos motivos não desenvolvemos. E por incrível que possa parecer, um dos principais motivos se chama ACOMODAÇÃO. Dá muito medo desenvolvermos nossas maiores habilidades, porque ao fazer isso deixamos a nossa luz brilhar e ao deixarmos que ela brilhe, despertamos nas outras pessoas sentimentos diversos também, positivos e negativos.

A acomodação seria o tal do “caminho mais fácil”. Ao nos acomodarmos, diminuímos nos nossos erros, falhamos menos, mas também a nossa vida acaba perdendo o brilho e o impacto que causamos nas outras pessoas se torna insosso e triste. É isso que você quer? Eu não! Eu quero impactar a vida das pessoas com muito amor e com muita alegria de viver! Aproveito para replicar uma frase que já li trilhares de vezes e nos leva a refletir sobre tudo isso!

Quando sentir a morte se aproximando, sei que vou me perguntar: Quanto amor recebi na vida? Como reparti o meu amor? Quem me amou? A quem valorizei? Em que vidas eu causei impacto? A minha vida fez diferença para alguém? Que serviço prestei ao mundo? Tenho certeza de que minha única preocupação será: terei ou não preenchido minha vida com amor?”.

Richard Carlson

Portanto, o espelho é onde tudo começa! Olhe para dentro de você mesmo antes de olhar para a janela.

E sabe de uma coisa? A vista da janela é sempre linda, mas pode ter certeza que ela se tornará ainda mais linda depois que você tiver mergulhado dentro de você mesmo. Quanto mais a gente se conhece, mais expande a nossa visão e capacidade de enxergar a beleza da existência. Dessa forma aguçamos nossa visão para o lado externo também!

Foi por isso que a Flavia Melissa quis dizer essas palavras, porque ela entende isso muito bem, por ser uma especialista na mente humana!

Espero que essas poucas palavras tenham despertado em você um pouco mais o desejo de mergulhar no autoconhecimento para descobrir as maravilhas que essa viagem pode proporcionar!

Paz e luz…

 

Isaias Costa

Sobre Isaias Costa

Isaias Costa. 28 anos. Sou Bacharel em Física e Mestre em Engenharia Mecânica. Descobri o meu amor pela escrita nas dificuldades que passei no meu caminho, aliado ao prazer de ler sobre Filosofia, Psicologia e Teologia. Este blog trata de assuntos em sua maioria filosóficos, com o objetivo de nos fazer pensar e se questionar sobre as grandes questões da vida. Também escrevo nos blogs "Para além do agora" e "Universo de Raul Seixas". www.paralemdoagora.wordpress.com www.universoderaulseixas.wordpress.com Sejam todos bem-vindos ao "Artesanato da mente"...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *