Ame! E tudo o que fizer estará certo

antes-que-termine-o-dia-foto-01

O amor é uma força que transforma a nossa vida e a relação que temos com toda a existência no momento em que de fato nos dispomos a pô-lo em prática.

Lendo o livro maravilhoso do Osho chamado “A semente de mostarda”, um trecho em especial me chamou a atenção nesse sentido e o transcreverei a seguir.

*******************

“Certa vez alguém perguntou a Santo Agostinho: “O que devo fazer? Não sou um homem instruído; por isso, responda-me com poucas e curtas palavras”.

Agostinho disse: “Nesse caso, há apenas uma coisa a ser dita: AME! E tudo o que fizer estará certo”.

Quando você ama, tudo está certo, é claro; mas se você não ama, então tudo está errado.

Amar significa não ter ego! Amar significa ser centrado! Amar significa ser feliz! Amar significa ser grato! Esse é o significado de viver pelo ser, não pelo atos. Porque os atos estão na superfície, o ser está no íntimo.

Deixe as coisas virem do seu ser. Não manipule e não controle suas ações, transforme o seu ser. O real não é o que você faz, o real é aquilo que você é.”

Osho

****************

É impressionante como as verdades mais profundas e transformadoras moram na simplicidade. Sabemos bem que Santo Agostinho foi um dos homens mais cultos e inteligentes que nosso mundo já teve e com apenas 8 palavras ele resume o que todos nós passamos a vida inteira tentando aprender e muitas vezes não conseguimos.

Ame! E tudo o que fizer estará certo…

Essa noção de certo e errado é muito interessante, porque o que o Santo Agostinho quis dizer como certo significa: “aquilo que vem do ser”. Tudo o que vem do ser está certo, porque ele está conectado com a nossa essência, com nosso coração e transmite a nossa verdade.

Essas palavras me fizeram lembrar um dos filmes que mais me emocionou em toda minha vida, chamado “Antes que termine o dia”.

Nele tem uma cena logo no começo do filme, no qual o Yan (personagem principal) conversa com um taxista e ele sente que o Yan está com problemas no relacionamento.

Na conversa o Yan diz que não consegue fazer a sua namorada feliz e pedi algum conselho. Então o taxista simplesmente diz: “Você já sabe o que fazer. Apenas ame-a!”.

Então, depois de um sonho premonitório no qual sua namorada (Samantha) morre. Ele ACORDA PARA VIDA e para suas posturas, então no dia seguinte ele coloca o seu EGO completamente de lado e a ama de todo coração, tornando seu dia perfeito e suas memórias eternas.

O interessante desse filme é que o Yan era um cara responsável, extremamente dedicado ao trabalho, mas não era do mesmo jeito em relação ao amor e ao seu relacionamento. A Samantha se doava de corpo e alma e se sentia em segundo plano na sua vida, o que era extremamente doloroso para ela.

Porém, ela sabia amar. Também era dedicada no seu trabalho, mas sabia a hora de cada coisa. Quando ela estava no trabalho, pensava só no trabalho, e quando estava com o Yan era só isso que importava.

Se todos nós aprendêssemos a ser assim na vida, garanto que a grande maioria dos conflitos deixariam de existir, porque as pessoas fariam o que é certo, sabe?

Estou procurando cada vez mais aprender essa verdadeira arte chamada VIVER O HOJE, O AQUI E AGORA.

Só consegue viver o hoje em plenitude as pessoas que aprendem a amar e a colocar o EGO de lado, como tão bem diz o mestre Osho nessas palavras.

No filme, o Yan aprende a amar a Samantha com plenitude, e consegue fazer isso sem deixar o seu trabalho de lado. Vai para a sua reunião na empresa e tem um excelente desempenho, depois passa todo o restante do dia ao lado dela.

Quando você presta atenção aos detalhes, percebe que se trata de um dia comum, um dia de semana, com muito trabalho para os dois, mas eles transformam tudo num dia PERFEITO.

Já pensou você fazer o mesmo na sua vida? Transformar toda a existência em dias maravilhosos onde só reina o amor?

Dessa forma, tudo o que fará estará certo.

Concluo com essa reflexão! O certo que Santo Agostinho nos diz são as experiências que precisamos ter na vida e que proporcionarão o nosso crescimento em amplo sentido. Não quer dizer que não haverão dores, não quer dizer que você não possa sofrer.

Você vai sofrer, mas se estiver centrado, se estiver vibrando no amor, você saberá o que fazer, surgirá espontaneamente de você.

É como diz o Osho e já citei outras vezes no blog: “O importante não é ser perfeito, e sim ser espontâneo”.

No filme, o Yan foi espontâneo, e com sua espontaneidade, transformou um dia comum ao lado da Samantha num dia perfeito. Percebe a sutileza do que estou colocando aqui?

Enfim! Essa é uma mensagem sutil, mas se você captar bem e exercitar, pode transformar sua vida para sempre.

E logicamente, deixo essa sugestão de filme para você. Será um tempo muito bem investido!

Lembre-se: “Ame! E tudo o que fizer estará certo”. 

 

 

Isaias Costa

Sobre Isaias Costa

Isaias Costa. 28 anos. Sou Bacharel em Física e Mestre em Engenharia Mecânica. Descobri o meu amor pela escrita nas dificuldades que passei no meu caminho, aliado ao prazer de ler sobre Filosofia, Psicologia e Teologia.
Este blog trata de assuntos em sua maioria filosóficos, com o objetivo de nos fazer pensar e se questionar sobre as grandes questões da vida.

Também escrevo nos blogs “Para além do agora” e “Universo de Raul Seixas”.
www.paralemdoagora.wordpress.com
www.universoderaulseixas.wordpress.com

Sejam todos bem-vindos ao “Artesanato da mente”…

7 thoughts on “Ame! E tudo o que fizer estará certo

  1. Como diz o texto: o amor é a palavra chave. Viver intensamente não exige sacrifício algum, quando se coloca em primeiro plano o maior Mandamento que “amar Deus e ao próximo como a si mesmo”. Tu se torna mais simples, o dia se torna leve. Esse texto é suave e real. Aprendamos, como o personagem do filme, a mudar a nossa compreensão que viver não é tão complicado, é simples! Amemos a nós mesmos e à todos. E tudo ao nosso redor se torna sutil.

    1. Sim Everton! Inclusive estou lendo esse livro nesse momento. Ele trata de forma detalhada as passagens do evangelho apócrifo de São Tomé, numa visão completamente diferente da que a gente ouve pelas igrejas cristãs.
      Um verdadeiro bálsamo de sabedoria para quem sabe extrair sua sabedoria!
      Se você gosta de ler sobre espiritualidade, vai perder até a noção do tempo lendo esse livro.
      Abração meu amigo!

  2. Esse amor que santo Agostinho, que você e que Osho falam é o estado de consciência.. nosso estado original. Nosso estado original é esse mesmo, essencialmente amor. Se tornarmo-nos mais conscientes tudo será diferente. Grata pela reflexão.

  3. Seus textos sao sempre reconfortantes!!! obrigado pelo blog, que se mostra enrriquecedor a mminha vida e minha formaçao intelectual e cultural! parabensss pelo trabalho!! Meu comentario nao tem acentos porque meu teclado e frances kkkk!!!.

    1. Muito obrigado querida! Fico feliz que minhas palavras estejam fazendo bem a ti e contribuindo com novas perspectivas e aprendizados. Continue acompanhando que vem muita coisa boa pela frente. Beijo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *