Presidente Lula ameaça romper acordo com Vaticano por motivos eleitoreiros

O PT não é de brincadeira. Ai de quem se meta no meio de seus interesses. Sofre, é punido. Basta lembrar o que aconteceu com Luis Bassuma e Henrique Afonso, eram deputados da sigla rubro  mas como foram contra  o aborto sofreram punição.  Lula e alguns de seu séquito como o jornalista Franklin Martins são favoráveis a um controle  da imprensa.

E sabe qual foi a última  do presidente Lula? Ameaçou revisar acordo com o Vaticano assinado no ano passado por conta dos questionamentos da igreja do Brasil à candidata Dilma. O presidente insiste em confundir sua função de presidente com a de cabo eleitoral de Dilma Rousseff. Recordemos que um dia depois das eleições do primeiro turno, Lula tornou a casa da presidência num comitê, onde recebeu governadores e senadores petistas eleitos, num verdadeiro atentado à democracia.

Voltemos à ameaça de Lula aos católicos. Vou republicar na íntegra a notícia que se encontra no site da agência de notícias Acidigital.

BRASILIA, 07 Out. 10 / 07:45 pm (ACI).- A agência italiana ANSA informou que o secretário pessoal do Presidente Luiz Lula Da Silva, Gilberto Carvalho, disse à cúpula da Igreja que se continuarem os questionamentos contra a candidata Dilma Rousseff –devido à sua postura favorável ao aborto– poderia ser revisado o acordo assinado com o Vaticano.

ANSA, que recolhe uma notícia do jornal Valor Econômico, assinalou que Carvalho se reuniu com membros da Conferência Nacional de Bispos do Brasil e comunicou que o governo pode voltar a discutir o acordo que contempla o apoio a escolas católicas e outros benefícios.
Lula revisaria o acordo assinado por Lula e o Papa Bento XVI em 2007 no Brasil, e ratificado em 2009 no Vaticano, depois do qual foi aprovado pelo Congresso, onde foi questionado por congressistas evangélicos.

 

Comentário:

Como católicos somos experimentados na perseguição ao longo dos séculos, neste não seria diferente. Presidente Lula usa de seu status de presidente da nação para ameaçar a Igreja. Que rompa o tal acordo, que nos persiga. E que a resposta seja dada nas urnas.

11 thoughts on “Presidente Lula ameaça romper acordo com Vaticano por motivos eleitoreiros

  1. Um debate para expor projetos e planos e governo não se faz somente diante das câmeras de TV. Se faz – antes de tudo – diante do POVO.
    Deus nos livre da maldição do ABORTO!

  2. Esse tema, esse fato deve ser discutido com urgência, não por sermos católicos, mas pela falta de democracia. O que o presidente(como me arrependo de ter votado nele) está fazendo é crime que todos conhecem por assistir novelas: CHANTAGEM!

  3. Infelizmente, irmãos, o cerco já está fechando. E aí, povo brasileiro, vamos retornar à leitura bíblica? Cristo já nos predisse isto. O erro não está no(a) atual ou futuro(a) presidente(a), e sim, em quem depositaremos a nossa esperança.

    Em amor,
    Samuel.

  4. E é assim que se promove a Democracia? Essa é a liberdade que teremos, condicionada a uma escravidão aos interesses do governo petista… Cada vez mais tudo vai se esclarecendo!

    “Não os temais, pois; porque nada há de escondido que não venha à luz, nada de secreto que não se venha a saber.” (Mt 10, 26)

  5. Esse é o PT sem máscara. Agora me digam, do que adianta tanto inconformismo se a maioria dos “cristãos” votam em Dilma?

  6. Católicos fazendo campanha para o Serra… A falta de boa informação faz isso… É lamentável!

  7. O BRASIL NAO DO LULA, SE ELE QUISER ROMPER COM O VATICANO QUE ROMPA SOZINHO ELE E SUA FAMILIA.
    O BRASIL DO E DOS 193,000, MILHOES DE BRASILEIROS.

  8. Com as graças de Deus!
    O povo brasileiros não podem deixar esta mulher ser Presidenta!!!
    O meu voto e de minha família, ela não terá!

  9. Vocês sabem quem vão eleger a atéia do PT? Respondo: os católicos.

  10. CONCORDO COM O FRANCISCO ARAGÃO, os católicos desse país são uma corja de COVARDES. Um povo de trai os preceitos da própria Igreja. E foram os católicos que elegeram a Dilma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *