Perigo na Rede: Proibamos o Sexting

Mais um modismo de redes sociais americanas chega ao Brasil.Esse, no entanto, trata-se de uma ferramenta perigosa e que deve o quanto antes ser retirada do ciberespaço. É o sexting, criada por adolescentes e jovens, que permite a publicação de fotos e imagens pronográficas.

No mesmo país em que a Igreja Católica é posta na berlinda pelos crimes de alguns dos membros do clero se é permitido uma ferramenta como essa cujo os protagonistas das fotos, textos e vídeos picantes são adolescentes, num cenário mais que propício para a ação dos pedófilos e o desmembramento moral da  geração em questão.

O ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) prevê  como crime a pornografia infantil e no art. 241 do Estatuto, explica: ““Para efeito dos crimes previstos nesta lei, a expressão “cena de sexo explícito ou pornográfica” compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais”.

Faço um apelo aos magistrados, pessoas do direito, políticos e comunicadores  que lutam na defesa da criança e  do adolescente que façamos alguma coisa para coibir a presença do referido site no ciberespaço. Não podemos assitir a destruição de nossos jovens por suas próprias mãos.

Estamos colhendo o fruto do hedonismo e liberalismo disseminados aos rojões. Perdemos o senso de respeito pelo próprio corpo e ainda muitos, infelizmente, justificam a prática como lícita. Mas não podemos perder a esperança. Cada um pode fazer alguma coisa.

Retorno a falar sobre o assunto no blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>