Perigo: governo do PT planeja introduzir a Ideologia de Gênero nas escolas através do Plano Nacional de Educação.

Defendamos nossas crianças da Ideologia de Gênero.
Defendamos nossas crianças da Ideologia de Gênero.

Uma ameaça gravíssima paira sobre a nação. A ideologia de gênero que está para ser sacralizada no Plano Nacional de Educação, cuja votação está marcada para o próximo dia 11, atingirá o que temos de mais precioso: as crianças. Os nossos filhos!

Neste vídeo, Padre Paulo Ricardo se dirige a todos os brasileiros que não concordam com a implantação desse nefasta ideologia em nosso país. Convoca todos a manifestarem aos senadores – representantes do povo – o desejo de que seja rejeitado o substitutivo do Senador Vital do Rêgo e rejeitada também a inclusão da igualdade de gênero como diretriz do Plano Nacional de Educação.

Assista ao vídeo, escreva e telefone para os senadores, compartilhe a informação com os amigos e parentes. Agora é a hora de agir em defesa da família, em defesa das crianças e dos jovens desse país, em defesa do futuro Brasil!

Em breve o blog trará postagens esclarecendo o que é a Ideologia de Gênero e seu perigo para sociedade. 

O que fazer?

Entre em contato com todos os senadores (principalmente do seu estado!), se identifique como eleitor e explique porque você é contra a Ideologia de Gênero no Plano Nacional de Educação.

Mas existem três senadores que são mais importantes estrategicamente.

1) Se você é da Paraíba, sua missão é urgente! Fale com os assessores do Senador Vital do Rego.

SENADOR VITAL DO RÊGO (PMDB-PB)
(61) 3303-6747
(61) 3303-6753
vital.rego@senador.leg.br

2) Se você é de Alagoas, entre então em contato urgente com o Senador Renan Calheiros (PMDB) presidente do senado.

SENADOR RENAN CALHEIROS (PMDB-AL)
(61) 3303-2261/2263
(61) 3303-1695
renan.calheiros@senador.leg.br

3) Se você é do Distrito Federal, entre em contato com o Senador Gim Argello.

SENADOR GIM ARGELLO (PTB-DF)
(61) 3303-1161/3303-1547
(61) 3303-1650
gim.argello@senador.leg.br

4) Se você é de outras partes do Brasil. Entre em contato com os seus Senadores

E-mails dos senadores

acir@senador.leg.br; aecio.neves@senador.leg.br; alfredo.nascimento@senador.leg.br; aloysionunes.ferreira@senador.leg.br; alvarodias@senador.leg.br; ana.amelia@senadora.leg.br; ana.rita@senadora.leg.br; angela.portela@senadora.leg.br; anibal.diniz@senador.leg.br;

antonio.rodrigues@senador.leg.br; antoniocarlosvaladares@senador.leg.br; armando.monteiro@senador.leg.br; benedito.lira@senador.leg.br; blairomaggi@senador.leg.br; casildomaldaner@senador.leg.br; cassio@senador.leg.br; cicero.lucena@senador.leg.br; ciro.nogueira@senador.leg.br; clesio.andrade@senador.leg.br;

cristovam@senador.leg.br; cyro.miranda@senador.leg.br; delcidio.amaral@senador.leg.br; eduardo.amorim@senador.leg.br; eduardo.braga@senador.leg.br; eduardo.lopes@senador.leg.br; eduardo.suplicy@senador.leg.br; ecafeteira@senador.leg.br; eunicio.oliveira@senador.leg.br; fernando.collor@senador.leg.br;

flexaribeiro@senador.leg.br; francisco.dornelles@senador.leg.br; garibaldi@senador.leg.br; gim.argello@senador.leg.br; humberto.costa@senador.leg.br; inacioarruda@senador.leg.br; ivo.cassol@senador.leg.br; jader.barbalho@senador.leg.br; jarbas.vasconcelos@senador.leg.br; joao.alberto@senador.leg.br;

capi@senador.leg.br; joaodurval@senador.leg.br; joaoribeiro@senador.leg.br; j.v.claudino@senador.leg.br; jorgeviana.acre@senador.leg.br; jose.agripino@senador.leg.br; gab.josepimentel@senado.leg.br; sarney@senador.leg.br; katia.abreu@senadora.leg.br; lidice.mata@senadora.leg.br;

lindbergh.farias@senador.leg.br; lobaofilho@senador.leg.br; lucia.vania@senadora.leg.br; luizhenrique@senador.leg.br; magnomalta@senador.leg.br; maria.carmo@senadora.leg.br; mario.couto@senador.leg.br; mozarildo@senador.leg.br; osvaldo.sobrinho@senador.leg.br; paulobauer@senador.leg.br;

paulodavim@senador.leg.br; paulopaim@senador.leg.br; simon@senador.leg.br; pedrotaques@senador.leg.br; randolfe.rodrigues@senador.leg.br; renan.calheiros@senador.leg.br; ricardoferraco@senador.leg.br; roberto.requiao@senador.leg.br; rollemberg@senador.leg.br; romero.juca@senador.leg.br;

ruben.figueiro@senador.leg.br; sergiopetecao@senador.leg.br; sergiosouza@senado.leg.br; valdir.raupp@senador.leg.br; vanessa.grazziotin@senadora.leg.br; vicentinho.alves@senador.leg.br; vital.rego@senador.leg.br; waldemir.moka@senador.leg.br; pinheiro@senador.leg.br; wellington.dias@senador.leg.br;

wilder.morais@senador.leg.br; zeze.perrella@senador.leg.br;

Telefones e faxes das lideranças do Senado

SENADOR RENAN CALHEIROS (PMDB-AL)
(61) 3303-2261/2263
(61) 3303-1695
renan.calheiros@senador.leg.br

SENADOR ALVARO DIAS (PSDB-PR)
(61) 3303-4059/4060
(61) 3303-2941
alvarodias@senador.leg.br

SENADOR GIM ARGELLO (PTB-DF)
(61) 3303-1161/3303-1547
(61) 3303-1650
gim.argello@senador.leg.br

SENADOR ALOYSIO NUNES FERREIRA (PSDB-SP)
(61) 3303-6063/6064
(61) 3303-6071
aloysionunes.ferreira@senador.leg.br

SENADOR EDUARDO BRAGA (PMDB-AM)
(61) 3303-6230
(61) 3303-6233
eduardo.braga@senador.leg.br

SENADOR JOSÉ PIMENTEL (PT-CE)
(61) 3303-6390 /6391
(61) 3303-6394
gab.josepimentel@senado.leg.br

SENADOR WELLINGTON DIAS (PT-PI)
(61) 3303 9049/9050/9053
(61) 3303 9048
wellington.dias@senador.leg.br

SENADOR JOSÉ AGRIPINO (DEM-RN)
(61) 3303-2361 a 2366
(61) 3303-1816/1641
jose.agripino@senador.leg.br

SENADOR RODRIGO ROLLEMBERG (PSB-DF)
(61) 3303-6640
(61) 3303-6647
rollemberg@senador.leg.br

SENADOR VITAL DO RÊGO (PMDB-PB)
(61) 3303-6747
(61) 3303-6753
vital.rego@senador.leg.br

SENADOR INÁCIO ARRUDA (PC DO B-CE)
(61) 3303-5791 3303-5793
(61) 3303-5798
inacioarruda@senador.leg.br

Fonte: Site do Padre Paulo Ricardo

Vanderlúcio Souza

Sobre Vanderlúcio Souza

No ANCORADOURO busco reproduzir temas do cotidiano à luz dos princípios e valores cristãos. Sou blogueiro e tuiteiro apaixonado por comunicação. Como católico busco ser um colaborador da verdade como convidou o papa emérito Bento XVI. Sou engajado na Igreja desde minha infância.

2 comentários sobre “Perigo: governo do PT planeja introduzir a Ideologia de Gênero nas escolas através do Plano Nacional de Educação.

  1. Isto é um absurdo querer modificar os preceitos da origem da vida e deixando a sociedade mais confusa. Esses Senadores deveriam pensar que eles também são ameaçados, imagine senador você com uma filha lésbica, com um filho gay, com um outro filho transsexual, com outro filho pedófilo, vocês querem confundir os gêneros? isso levará a outros caminhos confusos e desestabilizados.
    Senador tudo isso é pelo dinheiro ? Imagine o namorado de sua filha que faz um pedido para matá-lo, para poder ficar com sua mulher ou namorada, pois matá-lo não faz a diferença, é só mais um gênero confuso, perdido, entenderam Senadores?
    Tanto capitalismo não vale a pena quando a sociedade ficará mais ameaçada.
    Senadores não somos zumbis, zumbis não tem identidade, são zumbis, é isso que vocês querem? ser um zumbi não há capitalismo o dinheiro é de todos, vocês gostam tanto de dinheiro porque não preservam os seus…

  2. Bom dia!.mais um absurdo do governo do pt,querem modificar os preceitos da origem da vida,isto é uma falta vergonha,.. porem para um governo sem ética tudo é limpo,mesmo q no seu mandato parecer mais um puleiro de galinha quais tudo é sujo,como todos podem ver,…ideologia de gênero nas escolas..essa ideologia de gênero poderia ser feita no senado,nas repartições da presidência da república,.nos palácios dos governos,nas assembléias legislativas. Prefeituras e câmaras municipais.sim poderia ser nesses lugares,mas ideologia de mudança de géneros de pior para melhor..só assim teremos um governo justo de todos para todos.como dizia o antigo e velhor (pt). Como dizer a propria (Bíblia) o homem tem o governo que merecer!. Eu prefiro te da bolsa escola .bolsa família,e te você sempre dependendo de mim. Entao vote em mim nas próximas eleições..

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>