Painel Polêmico Ofende Cristãos

Anglicanos ofendem a cristãos.
Anglicanos ofendem a cristãos.

Uma igreja anglicana, da Nova Zelândia, expôs na parte de fora de seu templo, um polêmico painel no qual aparece a virgem Maria e José deitados numa cama. O casal está aparentemente nu e vem acompanhado de um letreiro cuja tradução livre pode indicar, “‘Pobre José. Deve ser difícil ser comparado com Deus”.

A igreja de São Mateus, autora do painel disse que pretendeu levantar discussão sobre qual é o sentido do natal. Os cristãos não gostaram e com razão repudiam a representação. Num tempo em que se busca a paz, levantar polêmicas desnecessárias só contribui com a divisão.

Maria e José são figuras  queridas e veneradas pelos cristãos no mundo todo. O mínimo que se espera é o respeito por parte das outras religiões, assim como a igreja respeita as suas figuras de preferência. Banalizar, ridicularizar os símbolos de um determinado credo é ofender cada um dos seguidores daquela religião.

Chega de ofensas! Queremos paz.

2 thoughts on “Painel Polêmico Ofende Cristãos

  1. O senhor se refere a “Uma IGREJA anglicana, da Nova Zelândia”, diz que “OS CRISTÃOS não gostaram…” e que “O mínimo que se espera é o respeito por parte das OUTRAS RELIGIÕES, assim como a IGREJA respeita as suas figuras de preferência. Banalizar, ridicularizar os símbolos de um determinado credo é ofender cada um dos seguidores DAQUELA RELIGIÃO”. (As maiúsculs são minhas).

    O senhor poderia explicar para o distinto público o que é a Igreja Anglicana (é cristã, muçulmana, budista…)? Como o senhor diz que “OS CRISTÃOS não gostaram…”, pode-se deduzir que a Igreja Anglicana não é cristã? Que não é uma Igreja, já que o senhor diz que “a” Igreja respeita…etc.”?

  2. Caro Nelon, grato pelocomentário.
    Bem, a igreja Anglicana teve sua origem na Inglaterra, sendo uma originalmente uma denominação cristã . Dela foi gerada diversas ramificações, principalmente nos Estados unidos e na Autrália, onde é conhecida também como igreja episcopal. Estas igrejas se tornaram independentes, portanto sem vínculos que as possa denominar de cristãs. O próprio caso do painel expicita um pouco a distância que existe entre as correntes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *