Os “Tomés” de hoje

Na espiritualidade da Comunidade Católica Shalom Tomé é uma figura querida. O Apóstolo que só acreditou na Ressurreição após ter um encontro pessoal com o Senhor ressuscitado serve também para designar o homem pós-moderno, resistente em crer e persistente em duvidar.

Tomé tocou o lado aberto pela lança do Ressucitado e fez a declaração “Meu Senhor e Meu Deus”, narra o evangelista João. Assim como aquele Tomé do Evangelho, os de hoje após fazerem sua experiência com a pessoa de Cristo tornam-se testemunhas autênticas da vitória da vida sobre a morte.

São  a estes homens marcados pelo pecado e por toda sorte de vícios que a Igreja deseja fazer chegar o anúncio vivo da Palavra de Deus. O relativismo, hedonismo e todos os  ‘ismos’ do pensamento ideológico desta geração sucubem ao encontro com o Ressuscitado que passou pela cruz.

O cantor mineiro Davidson Silva que pertence à Comunidade Shalom conseguiu retratar na música Tomé tal experiência de fé capaz de transformar os corações mais duros, as mentes mais incrédulas. Confira o clipe da canção que foi lançado neste ano em Fortaleza no Festival Halleluya.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=7ATfCxLMOx8[/youtube]

2 thoughts on “Os “Tomés” de hoje

  1. Olá! Na verdade eu gostaria de saber qual a sua real posição sobre essa questão da comindade Shalom. Vejo que é uma questão importante uma vez que a fé baseada em revelações ou comprovações como a de Tomé gera a busca por um Jesus “milagreiro” e não pela própria pessoa do Cristo Ressuscitado.

    Aguardo resposta…

  2. No meu entendimento, não se trata de uma “busca por um Jesus ‘milagreiro'”, como o colega citou acima, mas sim por esse Deus tão misericordioso que se deixa ser tocado por cada um de nós e para isso basta que abramos nosso coração e desejemos com todas as nossas forças experimentar desse Amor. Shalom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *