Mãe de Moro] Ministra da Eucaristia é hostilizada em pleno Dia das Mulheres

Odete Moro,70 anos,  é uma senhora aposentada, serve na Paróquia Matriz de Maringá como Ministra Extraordinária da Sagrada Comunhão  e desenvolve trabalho voluntário junto aos inválidos que moram em asilos naquela região. Na última terça-feira esta senhora, mãe do juiz Sérgio Moro, foi hostilizada na Câmara Municipal da cidade por um grupelho de militantes petistas ligado a CUT.

Mãe de Sergio Moro recebe homenagem e é vaiada por petistas.
Mãe de Sergio Moro recebe homenagem e é vaiada por petistas.

Odete recebera na ocasião uma homenagem pelo trabalho desenvolvido. “Lula,guerreiro do povo brasileiro” e “partido é dos trabalhadores” foram alguns gritos de guerra do grupo de desordeiros formado por aproximadamente 30 pessoas. Os demais presentes na ocasião repudiaram a atitude do grupo e cobriram os protestos com uma estridente salva de palmas à senhora que estava sendo hostilizada unicamente por ser a  mãe do juiz  que tem levado adiante uma das maiores operações da Polícia Federal contra a corrupção no país, a Lava Jato.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=VDhvrMltwaY[/youtube]

O presidente da sessão, o vereador Chico Caiana (PTB) interrompeu o vandalismo do grupo e pediu respeito, pois naquele dia se estava comemorando o dia das mulheres. 

Neste ano dona Odete foi rotulada pelo site pró-Lula, Diário do Centro do Mundo, de carola por sua intensa ligação com a Igreja e por confiado a educação do filho às  freiras carmelitas espanholas da escola particular católica Santa Cruz. 

One thought on “Mãe de Moro] Ministra da Eucaristia é hostilizada em pleno Dia das Mulheres

  1. Falta de respeito com uma senhora honrada.
    Uns petralhas desses que não tem nenhum tipo de contribuição para o nosso país, o nosso país quebrou com essas quadrilhas que estão aí..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *