Igreja evangélica é acusada de fazer “tiro ao alvo” a imagem católica; pastor pede desculpas

Uma denúncia de desrespeito religioso foi realizado através das redes sociais da professora Zuila Muniz, na cidade de Sobral, Ceará, neste sábado, dia 23. “A ‘Igreja Betesda de Sobral’ trata a fé alheia desta forma. Estão fazendo um chitão e usando o Padre Ibiapina como boneco de tiro ao alvo”, descreve a legenda ao lado da imagem abaixo.

Imagem de padre Ibiapina.
Imagem de padre Ibiapina.

A professora disse que foi tomar satisfação com o líder da igreja. “O pastor informou que isso não é desrespeitoso”, reporta Zuila. “Quer dizer que atirar na imagem de um Padre que está em processo de beatificação e que a igreja está engajada na campanha de valorização de suas obras é algo normal?”, questiona a devota que se disse revoltada e desrespeitada com a situação.

Dada a repercussão negativa nas redes sociais, no dia seguinte, o pastor Marcelo Gomes emitiu um pedido de desculpas endereçado à Zuila e toda comunidade católica. Para Marcelo o episódio não passou de um mal entendido. “Venho por meio desta nota em nome da Igreja Betesda de Sobral reiterar o nosso pedido de desculpas pelo mal entendido gerado na noite de ontem por ocasião de uma programação festiva (um arraiá de festa junina)”.

“Não tínhamos de forma alguma intenção em ridicularizar ou de macular a estátua, o monumento do Padre Ibiapina”, diz o pastor que afirmou ter pedido desculpas pessoalmente aos reclamantes e de pronto ter tirado a imagem de padre Ibiapina da brincadeira. O pastor nega que a imagem tenha sido utilizada como “tiro ao alvo”. ” Essa informação não procede, isso nunca aconteceu”.

“Mais uma vez, lamento o constrangimento, fica aqui registrado o nosso pedido de DESCULPAS e nos retratamos com toda a comunidade católica por todo esse mal entendido e constrangimento. A Igreja Betesda reconhece a importância RELIGIOSA E HISTÓRICA do Padre Ibiapina em razão de suas boas obras“, conclui a nota que ainda recorre a todos pedindo “o exercício da misericórdia e perdão”.

One thought on “Igreja evangélica é acusada de fazer “tiro ao alvo” a imagem católica; pastor pede desculpas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *