Depois de defender estupro de jornalista Filósofo da esquerda escreve que “Jesus era pedófilo”

Em 2013 o professor de Filosofia Paulo Ghiraldelli publicou na conta de seu Twitter votos de que a jornalista Rachel Scheherazade fosse estuprada. Após a repercussão negativa na internet a opinião asquerosa foi excluída, e o autor tentou a todo custo dizer que não era bem aquilo que tinha escrito. Colocou o “rabo entre as pernas’ como se diz no coloquial e pediu desculpas à pessoa ofendida por ele como podemos observar na sequência de imagens abaixo.

pg1 pg2 pg3

Paulo Ghiraldelli voltou à carga em pleno sábado de carnaval divulgando um artigo sobre pedofilia. Com a verborragia esquerda tenta explicar que pedofilia é invenção de “burguês”, pedofilia não é crime e – pasmem-  o autor afirma no título de seu asqueroso texto que “Jesus era pedófilo”.  Em nenhum momento o autor chegou a afirmar que pedofilia é crime, ou exigiu das autoridades punições severas para os pedófilos. No máximo chamou pedófilo de “abusador de criança”, uma pessoa que apenas precisa de tratamento médico.

 

Esquerdista defende que existe uma pedofilia boa.
Esquerdista defende que existe uma pedofilia boa.

DENUNCIE

A página de Paulo Ghiraldelli podem ser denunciadas à Polícia Federal que busca coibir o crime a prática e promoção da pedofilia na rede mundial de computadores, para isso basta que o internauta copie o link http://ghiraldelli.pro.br/pedofilia-saudavel-e-recomedavel/  e cole na seguinte  página: http://www.pf.gov.br/servicos/fale-conosco/denuncias .Clique no link ‘pedofilia, racismo, genocídio e tráfico de pessoas” e cole o endereço. No campo descreva de forma breve sua denúncia. O usuário também pode fazer a denúncia pelo Disque 100.

Querem legalizar a Pedofilia

Existe um movimento crescente para descolar o termo pedofilia do crime.  Há poucos dias a TV Globo exibiu em programa matutino entrevista com advogado para afirmar que a pedofilia em si não é crime. Grupos em todo mundo militam para retirar a pedofilia do Código Internacional de Doenças Mentais e querem chamar o crime de transtorno pedófilo, insinuando que existe uma pedofilia boa, como tenta asseverar o filósofo esquerdista. Não permitamos que a pedofilia seja aprovado no Brasil.