Congresso reúne casais de todo o país

Por, Teresa Fernandes.

Francisco Hélio e Alcilene com a filha

Um mundo novo exige que as famílias também sejam renovadas, como sugere o tema do Congresso das Famílias deste ano.  Para isso, a oração e a vivência do casal em Cristo são requisitos importantes. O evento acontece no Sebrae, em Fortaleza – CE, até amanhã (18) e reúne casais, jovens e crianças de todas as idades.

Como esposos e pais, o casal Francisco Hélio Adriano, 37, e Alcilene Maria Gonçalo Adriano, 26, já começam a receber graças no Congresso.

“Nós tivemos um crescimento muito grande como casal a partir da primeira palestra”, disse Francisco Hélio. O casal veio de Mossoró (RN) pela segunda vez este ano.

“As formações são riquíssimas para os casais que querem viver em Deus. O casamento sempre melhora com o casal vivendo no amor de Deus”, completou Alcilene.

A sede de Deus e a vontade de reunir a família em torno da palavra do Senhor também trouxeram o analista de sistemas e membro da comunidade de aliança Shalom Whend Jeishon, 35, e a esposa Leila Daniele Mesquita para o Congresso das Famílias. Eles vieram de Natal (RN) e são membros do Projeto Família da capital potiguar.

“Eu acho que o assunto família é muito abrangente e o Congresso é um meio para se estudar e conhecer melhor para que como famílias aprendamos como viver a vocação”, disse com a filha Maria Letícia, 2, nos braços.

Casados há 31 anos, o comerciante Antonio Bezerra Brito, 62, e a dona de casa  Maria de Fátima Oliveira, 56, participam pela segunda vez do Congresso. Antonio destaca que o evento está bem estruturado e que as palestras são bem esclarecedoras. “Realmente só haverá um mundo novo se houver famílias novas. Se cada família se conscientizar e  se houver determinação de cada casal”, destacou.

Rebeca e Maria Clara

O Congresso, segundo ele, foi mais um momento para debater sobre a família. “Nós somos de caminhada e esse evento é mais um degrau para o nosso conhecimento, nossa santidade, nosso relacionamento”, disse.

Desde o primeiro congresso, é certa a presença de Rebeca Carolynne, 30. Membro da obra Shalom e do projeto Família e mãe de Maria Clara, 3, ela se diz realizada e mais próxima de Deus a cada encontro. “É um local onde você pode receber as graças de Deus de acordo com o que necessita”, disse. É também o momento propício para que as famílias sejam renovadas, segundo ela. “É um caminho de volta para casa”, completou.

Há um ano na caminhada da obra Shalom, a professora de educação infantil Alexsandra Mendes, 33, participou do Congresso para também beber da graça. “A palestra sobre as familias foi uma bênção. Estou aqui bebendo da graça”, disse. Alexsandra foi a congresso com o irmão e destacou que o mais importante do evento foi mostrar a importância que as famílias têm para a transformação do mundo. “Deus em primeiro lugar e logo depois as famílias. É importante que elas realmente sejam a força”, explicou. A professora estava com sua aluna Júlia, 3.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *