Beyoncé reencontra grupo no qual começou a cantar para Jesus

O grupo “Destiny’s Child” existia desde 1990, mas alcançou o auge da fama na primeira metade do século 21, quando estava composto porBeyoncé Knowles, Kelly Rowland e Michelle Williams, que transformaram esse grupo de rythm & blues em uma autêntica fábrica de sucessos.
Bey
Em 2006, elas se separaram e começaram carreiras diferentes, e então Beyoncé subiu ainda mais alto, até se tornar uma das grandes estrelas da música pop de todos os tempos.

Desde então, elas foram vistas juntas em poucas ocasiões – a última, para uma atuação no intervalo do Super Bowl (final do campeonato nacional de futebol americano), em 3 de fevereiro de 2013.

Mas elas se reuniram novamente no último dia 2 de junho, dia em que Michelle Williams lançou o vídeo de um tema que gravou para seu próximo álbum, que será lançado em setembro. Ainda que ela seja a protagonista, suas duas ex-colegas participam, e as três aparecem juntas nas últimas cenas do clipe.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2MZxf-lQD-o#t=241[/youtube]

Esta é, de fato, a primeira música que sai como single e na qual as três intervêm desde que o trio se desfez, há 9 anos. A canção que as uniu se chama “Say yes” (“Diga sim”), inspirada em um hino gospel nigeriano. Michelle Williams interpreta música cristã há alguns anos, porque confessa carregá-la no coração.

De fato, a mensagem da música é explícita: “Quando Jesus diz ‘sim’, ninguém pode dizer ‘não’”. As estrofes são repetidas três vezes, cada uma delas cantada por um dos membros do grupo: “Nada me preocupe, porque sei que Tu me guias. Quando Tu me conduzes, Senhor, eu avanço sem medo, porque sei quem tem o controle. Não há limites para o teu poder, porque és todo-poderoso e tudo te pertence”.

(Artigo publicado originalmente por Religión en Libertad)

Fonte: Aleteia

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *