Arquidiocese de Fortaleza celebra 100 anos de fundação

A  Arquidiocese de Fortaleza abre no dia 14 de novembro com uma celebração na Catedral Metropolitana,  às 18h30,  o seu jubileu centenário. A festa tem como tema “Nova evangelização, novos tempos”. A programação comemorativa se estende até 15 de novembro de 2015 com exposições, publicações e atividades públicas.

Dom José Antonio
Dom José Antonio

A Igreja de Fortaleza conta com nove regiões episcopais, abrangendo 31 municípios, que estarão envolvidas em todos os eventos comemorativos do centenário. Além disso, todos os Movimentos Eclesiais, Novas Comunidades e leigos serão convocados para participar das atividades do ano jubilar. O Ceará conta com 9 dioceses, sendo Fortaleza a mãe das demais dioceses, que são: Itapipoca, Quixadá, Sobral, Tianguá, Iguatu, Crateús, Crato e Limoeiro.

Dentre os eventos comemorativos alguns já são de conhecimento dos fortalezenses. Como a Caminhada Com Maria, que neste ano realizou sua 12ª edição, e o novenário de São José que ocorre sempre no mês de março. Uma novidade será a exposição que será realizada na cripta da Catedral metropolitana. Há 2 anos uma equipe está preparando a exibição de materiais históricos, artísticos e litúrgicos  que contarão os feitos da Arquidiocese nestes 100 anos de existência. Em novembro de 2015 acontecerá a Semana Eucarística, principal evento do jubileu, que será encerrada com uma grande celebração no Aterro da Praia de Iracema.

Arcebispo fala ao Shalom

Arcebispo fala ao Shalom.
Arcebispo fala ao Shalom.

 

Dom José Antonio afirma que comemorar o centenário da Arquidiocese é importante para celebrar a graça de Deus que produziu muitos frutos ao longo dos anos. O arcebispo de Fortaleza falou da importância das várias expressões eclesiais como as Novas Comunidades, dentre elas a Comunidade Católica Shalom:

“Todos nós cristãos formamos uma única família, um único povo de Deus, mas com diferentes dons. Dentre estes diversos dons com os quais somos agraciados estão as Novas Comunidades, que nasceram da generosidade, da abertura de coração dos fiéis ao amor de Deus, para servir ao Evangelho e ajudar a construir uma Igreja sempre mais viva, sempre de acordo com aquilo que Jesus quer. Eu queria agradecer esse espaço que a Comunidade Católica Shalom abre para ouvir o seu arcebispo e para participar conosco dos 100 anos da Arquidiocese.  A Arquidiocese não é só Arcebispo, a Arquidiocese somos todos nós. A Comunidade Católica Shalom é a Arquidiocese de Fortaleza, estando não só dentro da Arquidiocese, mas também lá fora, dando ao mundo um sinal missionário do povo de Deus desta Arquidiocese. Queremos vocês conosco para agradecermos a Deus e tomarmos um novo ânimo e novo fervor no anúncio da Alegria do Evangelho. Que Deus os abençoe.”

Mayara Raulino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *